bote praticando rafting em campinas

Rafting em Campinas e arredores: lugares e dicas

Gosta de rafting? Sabe onde praticar rafting em Campinas e arredores? Os rios e corredeiras podem intimidar, mas também podem ser uma grande fonte de adrenalina e diversão para quem pratica. Para quem não conhece muito bem, o rafting é uma prática esportiva que consiste na descida de corredeiras, em grupo, utilizando botes infláveis e remos. Os integrantes do bote remam sob o comando de um instrutor, responsável pela orientação e segurança do grupo durante todo o percurso. Cada integrante tem um papel fundamental na condução e direcionamento do bote nas posições corretas.

Quer descobrir onde praticar rafting em Campinas e arredores? É só continuar lendo até o final!

RIO ATIBAIA – CAMPINAS/SP

bote praticando rafting no atibaia

foto: cidade e cultura

A opção mais perto para praticar rafting em Campinas são nas corredeiras do rio Atibaia, um convite para os aventureiros de plantão. São duas opções de trechos para a prática do rafting, com um ou cinco quilômetros de extensão. O percurso de rafting no rio Atibaia reúne 13 corredeiras, cinco delas de classe III ou acima. Quando o rio está mais cheio, as corredeiras variam de nível, podendo chegar até o IV+. O percurso alterna trechos mais calmos e corredeiras. As paisagens com vegetações do Cerrado e da Mata Atlântica durante o trajeto deixam o passeio ainda mais especial.

RIO JUQUIÁ – JUQUITIBA/SP

dois botes praticando rafting

foto: Thomas Peter Geisendorf – arquivo Ecoturismo Brasil

Distante cerca de 170km de Campinas, o Rio Juquiá em Juquitiba/SP também é uma ótima opção para prática de rafting. O percurso alterna trechos tranquilos e corredeiras, com a presença constante da Mata Atlântica. Pássaros como o martim-pescador e garças são facilmente avistados durante o trajeto. Durante a descida, de acordo com o nível do rio no dia,  é possível “surfar” com o bote num refluxo do Rio, nadar próximo a Pedra da Baleia e saltar no Pulo da Garganta. Normalmente a atividade completa leva cerca de 4h sendo 2 delas dentro do rio. O rio é classificado como nível II e III, podendo chegar, em determinadas épocas do ano, até o nível IV+.

RIO DO PEIXE – SOCORRO/SP

bote praticando rafting no rio do peixe

foto: viagem e turismo

Distante cerca de 1h40 de Campinas, o rafting praticado no Rio do Peixe, em Socorro-SP possui aproximadamente 22 corredeiras num percurso emocionante onde predominam as corredeiras de classe III, IV e IV+. Durante a descida, é possível avistar macacos e capivaras nas margens do rio do Peixe. O percurso alterna trechos tranquilos e corredeiras, com a presença constante da Mata Atlântica e das montanhas típicas do sul de Minas Gerais. Com bom entrosamento da equipe, é possível praticar o “surf” e girar 360º dentro do refluxo. Há também relaxamento com flutuação com colete. Uma das corredeiras, chamada de wash machine, é uma corredeira curta, com um bom desnível e seu refluxo traz a sensação de estar dentro da máquina de lavar, por isso o nome escolhido.  São 7 km de percurso que levam em torno de 1h30 para serem percorridos pelo bote, sendo 3h de duração no total.

Escala internacional de dificuldade

Existe uma escala de seis níveis que classificam os rios para a prática de esportes como o rafting. Em um mesmo rio podem existir trechos e corredeiras com graus de dificuldade diferentes, mas o rio em geral recebe uma classificação entre os seis níveis.

Segurança

O uso de colete salva-vidas e capacete e  imprescindível para a segurança dos participantes. Cada bote suporta cerca de 8 a 10 pessoas, incluíndo o instrutor. As empresas especializadas também costumam ter um profissional que acompanha todo o percurso em um caiaque, auxiliando os botes sempre que necessário e dando mais segurança ao passeio.

O que vestir e levar?

  • As roupas devem ser confortáveis, de tecido leve e flexível, que podem ser molhadas
  • O sapato deve ser fechado, pode ser um tênis ou um calçado próprio para atividades aquáticas
  • Protetor solar, labial e repelente
  • Toalha
  • Produtos de higiene pessoal
  • Roupa e calçado extra para fazer a troca depois que o passeio terminar.
  • Roupas de neoprene normalmente podem ser alugadas no local da atividade.

Crianças podem participar?

As crianças também são bem-vindas na prática do rafting, normalmente crianças a partir de 7 anos de idade já podem participar, dependendo do nível de dificuldade do rio. Procure consultar antes a idade mínima permitida, pois as regras podem mudar de acordo com a empresa e o trajeto escolhido.

Benefícios

A prática do rafting estimula todo o corpo, trabalhando principalmente as regiões do abdômen, bíceps, ombros e pernas. Uma hora de atividade chega a consumir cerca de 340 calorias. Além dos benefícios para o corpo, o rafting também trabalha a mente, estimulando o trabalho em equipe e desenvolvendo habilidades relacionadas à liderança. Além disso, você tem a oportunidade do contato com a natureza.

O rafting também é uma boa opção para integrar equipes de trabalho. Uma boa ideia é substituir a festa de final de ano da empresa pela prática do rafting que une e descontrai a equipe ao mesmo tempo. E é possível fazer uma confraternização, um churrasco… ao término da atividade.

Gostou das dicas e de saber onde praticar rafting em Campinas e arredores? Esperamos que sim. Deixe seu comentário abaixo e fique de olho nas próximas matérias!