Estacao ecologica Bananal

Estação Ecológica de Bananal

18/07/2016
De Norte a Sul

Em meio às belezas da Mata Atlântica encontra-se a Estação Ecológica de Bananal, na Serra da Bocaina, que faz divisa entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, com área de mais de 800 hectares. Saiba mais sobre este destino e suas atrações.

Região de relevo acentuado com picos de 2 mil metros de altura, a Estação Ecológica de Bananal tem como principal objetivo a preservação dos remanescentes de Mata Atlântica do Estado de São Paulo, servindo como área de pesquisa para diversos profissionais que estudam o meio ambiente. [columns gutter=”20″][one_half]Integrada à rede de Unidades de Conservação, a estação é administrada pela Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo por intermédio do Instituto Florestal. O acesso à Estação é feito a partir da cidade de Bananal, no norte paulista. Uma das estradas que fazem limite com a Estação constitui a histórica Trilha do Ouro, construída por escravos para transportar o minério que era retirado de Minas Gerais até o porto do Rio de Janeiro.

[/one_half][one_half][cta id=”1449″][/one_half][/columns]

Principais atrações da Estação Ecológica de Bananal

Além das exuberantes fauna e flora, a Estação Ecológica do Bananal abriga as trilhas da Cachoeira e do Ouro, que devem ser exploradas mediante autorização prévia da Estação e acompanhamento de guia local.

Trilha da Cachoeira: percurso de cerca de 200 metros com grau médio de dificuldade, a trilha leva o visitante até o último salto da Cachoeira Sete Quedas, formada pelo rio do Braço.

Sete Quedas Cachoeira                                                     Cachoeira Sete Quedas

Trilha do Ouro: o nível de dificuldade do percurso é alto, e os 800 metros no interior da Estação Ecológica Bananal passa por uma trilha histórica formada por pedras, construída na época dos escravos, no século XVIII.

Trilha do Ouro                                                  O chão de pedras da Trilha do Ouro

Para maiores informações sobre roteiros e dicas, entre em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *